Temer assina projeto de lei que permite a privatização da Eletrobras

 

O presidente Michel Temer (MDB) assinou, nesta sexta-feira (19), o projeto de lei para privatizar a Eletrobras. Na segunda-feira (22), o texto será enviado ao Congresso Nacional, onde precisa ser aprovado para que a operação seja concluída.

O governo tem pressa para enviar a proposta e concluir a desestatização da estatal neste ano, pois o Orçamento conta com R$ 12,2 bilhões em receitas provenientes do processo de privatização.

O texto final do projeto foi discutido em reunião no Palácio do Planalto com a presença dos ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral), Eliseu Padilha (Casa Civil), (Dyogo Oliveira) e Fernando Coelho Filho (Minas e Energia) e do secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Eduardo Guardia.

A avaliação é que o envio do projeto neste momento será uma sinalização positiva para o governo levar ao Fórum Econômico Mundial, em Davos (Suíça), para onde o presidente viaja na segunda.

Comentarios do Facebook

ESCREVA UM COMENTARIO.