Vacinação é a melhor medida para evitar circulação de febre amarela

 

O verão está chegando e nesse período aumenta o fluxo de turistas de todo mundo na capital baiana. Essa também é a época de curtir as férias, viajar, se divertir nas praias e nos mais diversos espaços de lazer de Salvador. No entanto, independente da programação escolhida, a Secretaria Municipal da Saúde alerta a população para importância de estar vacinado contra a febre amarela.

Por conta dos casos em humanos notificados este ano em outros estados como Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo, além de 13 ocorrências de febre amarela confirmadas em macacos na capital baiana, a Vigilância Epidemiológica convoca as pessoas que ainda não tomaram a dose do imunobiológico a buscarem os postos da rede para evitar a circulação do vírus no município.

Estima-se que 1,3 milhões de indivíduos ainda precisam se proteger contra a doença em Salvador. O imunobiológico é administrado em dose única para o público entre 9 meses e 59 anos. O Ministério da Saúde afirma que a vacina é contraindicada para crianças menores de seis meses, idosos acima dos 60 anos, gestantes, mulheres que amamentam crianças de até seis meses, pacientes em tratamento de câncer e pessoas imunodeprimidas. Para estes grupos, a orientação é que a pessoa busque ajuda médica, cujo profissional de saúde avaliará o benefício e o risco da vacinação, levando em conta o risco de eventos adversos.

A vacinação acontece de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 08 às 17 horas, em todas 126 salas de vacina da rede municipal.

Comentarios do Facebook

ESCREVA UM COMENTARIO.